Pauta Musical - Parte 2
A música foi cultivada durante muito tempo por transmissão oral, de geração em geração. As origens da notação musical ocidental encontram-se nos símbolos taquigráficos gregos - notação fonética. Do século V ao século VII foi aperfeiçoado um sistema de neumas, uma espécie de mnemônica, que não definia a altura exata, apenas dava uma ideia aproximada da melodia. Por volta do século IX surge a pauta musical. A princípio consistia em uma única linha horizontal colorida (vermelha - representava a nota Fá), à qual foi posteriormente acrescentada outra linha colorida (amarela - representava a nota Dó). Guido d'Arezzo (990 - 1050) sugeriu o emprego de três e quatro linhas (o canto gregoriano utiliza até hoje o tetragrama). O pentagrama, sistema de cinco linhas paralelas, conhecido desde o século XI, foi adotado apenas no século XVII (MED, 1996, p. 13).

REFERÊNCIA
MED, Bohumil. Teoria da Música. 4ª. ed. rev. e ampl. Brasília, DF : Musimed, 1996. 420 p.
Copyright © 2010 Asas da Alva Publicidade e Consultoria Pedagógica LTDA - Webmaster : Flaviandekson P. Teixeira